• Início
  • Blog
  • Hipnose Criciúma® | Todos, sem Exceção, São Suscetíveis ao Tratamento por Hipnose?

Hipnose Criciúma® | Todos, sem Exceção, São Suscetíveis ao Tratamento por Hipnose?


A premissa número um para o tratamento por Hipnose Condicionativa é que a pessoa queira ser tratada por meio da hipnose. Quando é a família ou são os amigos que querem o tratamento, o(a) cliente estará muito menos suscetível. Ninguém é hipnotizado contra a sua vontade, pois a mente inconsciente ficará bloqueada aos condicionamentos mentais. Não há hipnoterapia assim. Vemos isso quando nos procuram para parar de fumar. Alguns não querem parar, mas “tem que parar” porque o médico disse, porque os filhos querem, porque o marido pressiona, etc. O tratamento por hipnose voltado ao combate a qualquer vício (álcool, cigarro, maconha, cocaína, etc) funciona como um grande reforço na vontade de querer parar, de vencer o vício. Tem que haver primeiro o forte desejo de ser ajudado(a). Então, os condicionamentos mentais inseridos pela hipnose funcionarão, aumentando a força de vontade que já deve existir, como intenção real.

M. S. (iniciais), 50 anos, Criciúma-SC: Parou de fumar com uma sessão de Hipnose Condicionativa. Triturou o maço de cigarros e jogou o isqueiro no lixo do consultório, antes do início da sessão.

P. S. P. (iniciais), 57 anos, Criciúma-SC: Parou de fumar com duas sessões de Hipnose Condicionativa. Foi para as sessões de hipnose, convicto de que seria ajudado.

Para qualquer caso de tratamento na Hipnose Criciúma, é muito importante a obtenção pelo cliente, do relaxamento físico e psíquico que culmina com o estado de hipnose. A condução do relaxamento e do rebaixamento da frequência das ondas cerebrais fica a cargo do hipnoterapeuta, por meio de comandos de voz. Utiliza-se uma técnica de relaxamento progressivo e lento para dar a oportunidade a todos em alcançarem o estado de hipnose. Cabe ao cliente entregar-se, confiando no processo. Sem o cliente entrar no estado de hipnose, os condicionamentos mentais e a “limpeza” da mente traumática, por meio da técnica de bloqueio do emocional negativo ligado a um trauma, não funcionarão. Em certos casos (10 a 15%), por mais que o profissional tenha uma técnica diferenciada, experiência e atenção ao cliente, não acontece essa condição básica para o tratamento, o estado de hipnose. Por que será que isso acontece? O atendimento clínico tem demostrado, por meio de pesquisa dentre os não conseguem esse estado de hipnose e que, por conseguinte, não melhoram de seus males emocionais, que um pensamento mais dominador, centralizador, ou seja, pessoas que sentem a necessidade estar sempre no controle, racionalizando tudo e também, aquelas que tem medo de perder a consciência por meio de desmaios, anestesias, etc (embora na hipnose clínica não há essa perda de consciência), tem muita dificuldade de se entregarem ao relaxamento físico e psíquico, necessários à entrada no estado de hipnose. em resumo, o medo é a principal causa de insucesso para que a pessoa entre no estado de hipnose. Durante a avaliação, com as explicações do Hipnoterapeuta sobre o que é e o que não é hipnose, desmistificando o processo que está mais para o lado da Neurociência, pelo funcionamento do cérebro, do que para a magia ou esoterismo, rótulos deixados por aqueles que desconhecem a hipnose.

Rosinei Aparecida Pickler, 53 anos, Criciúma-SC: Foi tratada com três sessões na Hipnose Criciúma, obtendo a melhora da síndrome do pânico, medo de altura, medo de lugares fechados e insônia. Hoje, entusiasmada com a sua nova vida emocional, pensa em ser terapeuta e ajudar pessoas a também ficarem livres de seus problemas.

Ana Carmen Tonial, 53 anos, Criciúma-SC: Foi tratada em três sessões, ficando livre de um quadro de depressão que a acompanhava por 15 anos. Também, conseguiu melhorar da fobia social e da insônia. Por meio dos condicionamentos mentais, obteve mais tolerância e paciência com as pessoas mais próximas.

R. S. P. (iniciais), 35 anos, Criciúma-SC: Além da depressão (12 anos), sofria com o Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), ligado a limpeza excessiva de sua residência. Melhorou muito, após passar por três sessões de Hipnose Condicionativa e agora, em vez de gastar todo o seu tempo com a limpeza sistemática e repetitiva de sua casa, consegue dividir o seu tempo entre as lides do lar e a sua vida pessoal, podendo brincar mais com seus filhos e dar mais atenção a si própria.

O grande segredo para um bom e rápido tratamento por hipnose é a entrega voluntária do(a) cliente ao processo de relaxamento. Em média, para aquelas pessoas que se entregam de corpo e alma, com confiança, são necessárias de duas a quatro sessões para que os principais problemas obtenham uma melhora. Essa média é muito menor que a maioria dos tratamentos convencionais. Para aqueles clientes que sentem-se inseguros para uma sessão de hipnose (medo) ou que possuem aquelas características mencionadas como dificultadoras, aconselha-se irem acompanhados de uma pessoa, um familiar, um(a) amigo(a), inclusive dentro da sala, durante a sessão. Com certeza, as chances serão bem maiores de um êxito no tratamento.

Andréia Bonomi Buogo, 42 anos, Treviso-SC: Ao retornar para a segunda sessão, afirmou já não sentir os sintomas da depressão que a dominara por 26 longos anos. Com mais três sessões, livrou-se totalmente dos problemas emocionais, incluindo a fibromialgia. Confessou que tem facilidade para relaxar o corpo, pois já praticava meditação em sua casa, fato que confirma a premissa de que, quanto mais o(a) cliente se entrega ao processo, mais rápido obtém a melhora desejada.

Por último, é muito importante salientar que, em hipótese alguma, os clientes em tratamento na HIPNOSE CRICIÚMA® – TERAPIAS E DESENVOLVIMENTO PESSOAL, devem abandonar os seus tratamentos médicos, psicológicos ou fisioterápicos, bem como os remédios prescritos, antes de receberem a devida alta de seu médico, psicólogo ou fisioterapeuta, mesmo durante ou após o tratamento por Hipnose Condicionativa. A hipnoterapia é uma forma de tratamento utilizada como coadjuvante aos tradicionais e não substitui pareceres e prescrições dos citados profissionais de saúde.

Ficou com dúvidas, entre em contato. Quer verificar as possibilidades de ser ajudado(a) por meio da Hipnose Clínica Condicionativa, marque uma avaliação. Ligue para o consultório da Hipnose Criciúma® (48) 3413-8063 (a tarde) ou melhor, envie uma mensagem WhatsApp, a qualquer hora, para o número (48) 99652-7928. Na avaliação, além de retirar todas as dúvidas, você já experimenta o estado de hipnose.